Como Eu Cheguei? Como Você Vai Chegar Lá?

posted in: Estudantes, Residentes | 0

Eu já mencionei em alguns dos meus artigos e vídeo, que mesmo que você não saiba como sua mudança ou intercâmbio para a Austrália vai acontecer, com um bom planejamento é totalmente possível! Quando faço essa afirmação, muita gente me questiona, principalmente em relação ao fator financeiro… “Mas como eu vou chegar lá, se eu não tenho condições financeiras para isso?”

Claro que você irá precisar se organizar, dentre uma série de fatores, principalmente com suas finanças, para alcançar esse objetivo. Mas afirmo e repito, por que é possível! Quando realmente se quer algo, não importa como! Com determinação e vontade, tudo pode acontecer e você pode chegar aonde você quiser!

O mais importante nesse processo, de fazer algo acontecer, não é se preocupar inicialmente com o “como”, e sim tomar a decisão! Uma vez que você decidiu “eu vou!”, se você realmente quer ,toda a sua atenção, energia e esforços estarão voltados para esse objetivo! Mas é preciso, a partir daí, se interessar pelo o que você busca, planejar, se mover, saber de todos os detalhes, do que e de quanto você vai precisar. Por que só tendo tudo o que você irá precisar muito esclarecido em sua cabeça, é que você vai poder correr atrás e concretizar seu sonho!

Como Eu Cheguei na Austrália?

Eu relato isso por que foi exatamente assim que aconteceu comigo. Entre outros objetivos alcançados na minha vida, a minha ida para a Austrália se deu dessa forma. Quando essa ideia inicialmente surgiu em minha mente, eu não tinha nem ideia de como eu chegaria lá. Mas uma vez que eu identifiquei que aquele seria o meu próximo passo, eu simplesmente decidi que eu iria para a Austrália naquele ano e pronto, estava decidido! Podia acabar o mundo! Eu iria fazer o possível e o impossível, mas eu chegaria lá! Eu tinha certeza que eu ia aterrizar em Sydney naquele ano! Essa decisão aconteceu em Fevereiro, na minha primeira visualização dessa mudança, eu chegaria lá em Agosto. Com o correr do ano, entre decisões e preparativos, eu cheguei na verdade em Novembro, mas eu estava lá! Naquele ano, conforme minha decisão e meus esforços, meu objetivo estava realizado!

A partir do alcance desse meu sonho, que nasceu de uma ideia, de uma imaginação, sem eu nem saber como isso seria possível, foi que eu entendi como se concretiza um objetivo em nossas vidas, mesmo que este pareça inicialmente impossível…  E é aí que está, o segredo da realização daquilo que se deseja não depende necessáriamente do “como”.  As soluções, os meios irão surgir pelo caminho… Na verdade, a realização dos nossos sonhos e objetivos depende da nossa decisão, do nosso foco, da nossa força de vontade, que se traduz em determinação voltada àquilo que se deseja. E é sobre isso que vamos falar aqui neste artigo.

Como Você Vai Chegar Lá?

1°: O primeiro é o passo mais importante!

Tome a sua decisão!

Baseado na minha própria experiência, e de acordo com o relato acima, o seu primeiro passo é decidir “Eu quero!”, “Eu vou!”. Uma vez que você tomou uma decisão sincera de que você realmente quer algo, aquilo já é seu. Você decidiu e é a sua decisão clara e honesta que fará você se movimentar, achar um jeito, viabilizar seu sonho, alcançar seu objetivo! Foco e força de vontade!

2°: Sob pressão se produz mais!

Quando você vai para a Austrália?Estabeleça um tempo!

Você já tomou a decisão de que você quer morar na Austrália. Você quer e decidiu, aquilo é seu! Você vai morar na Austrália, seja para estudar, trabalhar, seja qual for seu objetivo. O segundo passo para iniciar esse planejamento é decidir “Quando”! No meu caso, eu havia decidido que naquele ano de 2003 eu iria para a Austrália. E você?

Decidir o tempo para alcançar um objetivo é fundamental para sua realização, por que só assim você irá se mobilizar, tomar providências, se planejar! De outra forma seu sonho ficará pairando no ar do infinito e você jamais saberá nem mesmo do que se precisa para fazer aquilo acontecer…

Dica: A não ser que  você tenha compromissos, como terminar a faculdade; terminar de pagar uma casa; coisas que já tenha um determinado tempo; por exemplo, não se dê um tempo muito longo. Quanto menos tempo você tem, mais você produz! Se você estabelecer um tempo muito longo, sem um motivo específico, por medo ou insegurança, você corre o risco de nunca chegar lá…

3°: Tudo tem um começo!

Se planeja parafazer um intercâmbio para AustráliaInicie sua pesquisa independente das suas condições financeiras!

Independente de você achar que tem como ir para a Austrália, ou não, é preciso começar! Comece a buscar informação do você quer! Onde vou querer morar; o que vou querer estudar; o que é preciso para emitir um visto; quais documentos vou  precisar; por quanto tempo eu iria; de quanto vou precisar para financiar este projeto? Quem pode me ajudar?

Essas são algumas das perguntas que você já pode buscar neste início. Tudo tem um começo e se você nunca começar a estudar o que é preciso para a realização deste plano, você nunca saberá como viabilizá-lo! Independente de você hoje, nas condições que você está, poder ou não realizar o que você quer, investigue tudo que você precisa para a sua realização. É o que eu chamo de se interessar por aquilo que se busca. Se interesse pelo seu sonho, saiba tudo dele, estude, rabisque, investigue, pergunte, tome posse daquilo que já é seu!

4°: Abra o cofre!

Faça seu planejamento financeiro!

como você vai chegar na AustráliaNesse processo de morar fora de seu país, e nesse estágio de preparação existem dois cofres que você irá abrir, o cofre emocional e o cofre financeiro. Do emocional, falaremos mais pra frente, é um assunto para outro artigo. Mas o financeiro, nessa etapa do seu planejamento, é fundamental que você comece a olhar pra ele de forma estratégica e consciente!

Uma vez que você já está bem esclarecido a respeito do que precisará para essa mudança de país, você precisa tomar consciência de quanto irá precisar e de tudo que você irá traçar para alcançar o valor necessário para isso!

Olhar para o seu cofrinho de forma estratégica significa mapear sua situação financeira. Ou seja, quanto eu ganho x quanto eu gasto? Quanto sobra ? E o é possível fazer para que essa sobra renda mais?

Se você já está no caminho e tem recursos para viabilizar o objetivo de estudar fora, ou se mudar para a Austrália, ótimo. Então aqui, você pode partir para planejar datas, tomar providências e fazer escolhas de compra. Mas se você ainda não tem, então trace um plano de ação real, e no papel, do que você pode fazer, dentro do período estipulado, para viabilizar seu projeto. Arrumar um trabalho paralelo, como fazer um bico num café, vender maquiagem, fazer freelance de fotografia nos finais de semana, etc. A ideia aqui é verificar quais são as suas possibilidades. Posso realizar alguma atividade para me dar uma renda extra, a qual será revertida para alcançar meu intercâmbio? Pense nisso… Pense fora da caixa…

Uma segunda possibilidade, que pode te ajudar, é a possibilidade de negociar um demissão e resgatar seu fundo de garantia. Outra possibilidade é contar com a ajuda de alguém, algum parente.

Enfim, mapeie suas condições numéricas, de quanto você precisa, de quanto você já tem, e estratégicas que poderão te ajudar nesse projeto, nessa escalada!

5°: Deixe seu dinheiro trabalhando para você!

Como Você Vai Chegar Lá?Ponha o seu dinheiro para trabalhar para você!

Saber como investir suas reservas pode te ajudar imensamente ao final de um período programado, para a realização desse planejamento. Por isso, conhecer alguma coisa sobre qual investimento pode lhe trazer o melhor resultado, pode te ajudar a chegar lá mais rápido.  Invista tudo o que sobra!

Todo mundo sabe que a poupança não é dos melhores investimentos que existe. Eu não estou dizendo para você sair investindo seu dinheiro na bolsa e arriscar tudo o que tem! Mas saber um pouco mais sobre as melhores opções de rentabilidade, seguras do mercados, pode representar uma vantagem no final de um ano, por exemplo. Aqui também entra a questão de se interessar pelo seu sonho e fazer tudo que for possível para que ele se torna realidade! Saiba como fazer seu dinheiro render mais, troque ideias sobre o assunto, investigue, leia a respeito e invista de forma segura!

No próximo artigo falaremos mais sobre aspectos da organização e planejamento financeiro, de uma forma mais detalhada e informativa, que poderão te ajudar!

Ainda dentro desse ítem, controlar os gastos enquanto se planeja uma mudança de país também é fundamental para que suas reservas cresçam de forma progressiva!

Esses foram os cinco passos que eu tomei, a partir do momento que eu decidi me mudar para a Austrália. Lembre-se, você pode tomar todas essas medidas sem ter todas as respostas. Eu arrisco dizer que somente quando você entra neste campo de busca e mobilidade, em direção à um objetivo é que você já começa a construir essa realidade para sua vida!

 

Adriana Pereira, criadora do blog Austrália Para Viver

Espero ter te ajudado com minha experiência e o passo a passo que usei e que aplico, para os meus projetos pessoais e de vida! Nunca desista daquilo que você quer! A partir do momento que você decidir, aquilo já é seu! Vá atrás, vá em frente! Se você quiser deixar aqui alguma sugestão ou pergunta sobre seu planejamento de se mudar para a Austrália, fique à vontade e deixe aqui seu comentário. E se conhecer alguém que tem esse sonho, mas acha que é impossível ou não sabe por onde começar, compartilhe!

 

Obrigada e até o próximo post!

Leave a Reply