Visto de Residência

posted in: Residentes, Vistos | 0

Existem algumas opções para solicitar um visto de residência se a intenção for a de se mudar para Austrália.

O departamento de imigração utiliza de uma tabela de pontos para qualificar os profissionais de acordo com a demanda do país. “MLTSSL” (Lista de Habilidades Estratégicas de Médio e Longo Prazo) ou “STSOL” (Lista de Ocupação Qualificada de Curto Prazo), são as listas que você deve consultar caso esteja interessado em um desses processos.

Para os interessados em um visto de residência permanente independente(Subclass 189), a lista a ser consultada é a MLTSSL (Lista de Habilidades Estratégicas de Médio e Longo Prazo). Esta relação traz as profissões em maior demanda no país, e por isso a pontuação é maior. Além da qualificação profissional, também é pontuado fatores como idade; nível de inglês; tempo de experiência profissional fora e/ou dentro da Austrália; certificação de estudo realizado em instituições australianas, ou reconhecimento de certificações, realizadas fora, com equivalente à de uma certificação australiana; e outros fatores como falar uma segunda língua, como o português, por exemplo;  entre outros.

Para um visto de residência permanente independente é necessário compor 60 pontos na soma das qualificação apontadas nas listas, e ter a profissão na lista acima indicada.

Uma outra opção de visto para quem quer morar na Austrália é a residência provisória, ligada à uma demanda regional. Esta opção pode muito bem atender à profissionais que não possuem a pontuação necessária para solicitar inicialmente a residência permanente, sendo uma atalho para esse caminho. Este visto requer um responsável / patrocinador territorial, ou seja o requerente solicita um sponsor para o governo de algum estado, de acordo com a demanda profissional desta determinada região. Uma vez aprovado, o visto estará diretamente vinculado ao estado e o requerente se compromete a viver e trabalhar nesta localidade por um período de dois anos. Após esse período pode-se solicitar então a residência permanente.

Existem ainda outras opções de visto que podem conceder a residência permanente ou provisória, por isso, se essa for a sua opção, vale a pena uma pesquisa mais detalhada para você avaliar o melhor caminho a ser tomado.

Outro ponto importantíssimo a se considerar é que estas listas de profissões em demanda são constantemente reavaliadas, uma profissão em demanda hoje pode não fazer mais parte da lista no ano seguinte.

Links:

www.brazil.embassy.gov.au (português)

www.immi.gov.au (inglês)

 

*Todas as informações sobre vistos são baseadas em pesquisa e poderão sofrer alterações a qualquer momento, sem aviso prévio.

 

Leave a Reply